quinta-feira, 31 de julho de 2014

CME/SL em São Gabriel: formação para a rede municipal

O CME/SL mais uma vez se fez presente na cidade de São Gabriel, sendo que desta vez dialogou diretamente com toda a rede pública municipal, representada pelos professores e professoras da Educação Básica. O tema central do debate esteve focado no papel do CME dentro da instituição do Sistema Municipal de Ensino – SME, sendo que São Gabriel está a um ano discutindo e já elaborou Projeto de Lei que trata do tema.



A Presidenta do CME/SL, professora Fabiane Bitello, procurou trazer ao conhecimento e debate da rede municipal gabrielense todos os aspectos positivos que a instituição de um Sistema Municipal possibilita, bem como apontou que o foco principal de melhoria será visto diretamente na ponta do SME, as escolas.

Além do SME, Fabiane também se preocupou em apontar a necessidade de construção do Plano Municipal de Educação - PME, com base no novo Plano Nacional de Educação sancionado através da Lei Federal nº 13.005/2014. Este Plano Municipal tem o diferencial pois se trata de metas e estratégias para todo o território gabrielense, campo e cidade, rede pública e privada, entre tantas outras particularidades. Com isso, vê a necessidade de uma maior apropriação dos termos do PNE, para sim construir um PME plausível e que realmente possa implementado.

O encontro com a rede foi muito positivo, sendo a representante da Secretaria Municipal de Educação, professora Patrícia Biscaglia Pozzatti, apontou que “A rede precisa de constantes períodos de formação e que estes possibilitam uma oxigenação de ideias e novos movimentos acabam por se realizar.”. Já o Presidente do CME/São Gabriel, professor Jorge Vanderlei Carvalho Silva, coloca que “Os professores precisam apropriar-se do tema Sistema Municipal de Ensino para auxiliar que o mesmo seja instituído o mais breve possível, dando assim maior agilidade e qualidade para a Educação de São Gabriel.”.

Fabiane Bitello
Presidenta CME/SL
3ª Vice-Coordenadora da UNCME-RS


CME/SL participa de formação em Nova Santa Rita


Na noite de 21 de julho, o CME/SL esteve presente na formação para as Equipes Diretivas da rede municipal de Nova Santa Rita, onde o tema abordado foi a Gestão Democrática e os Conselhos Escolares. O encontro ocorreu na Escola Municipal de Ensino Fundamental Miguel Couto e foi coordenado pela Secretária Municipal de Educação, professora Elaine da Rosa.

A Presidenta Fabiane Bitello, representando o CME/SL, abordou temas como a importância da comunidade escolar e local participar das decisões da escola e que a Gestão Democrática vai além da eleição direta para diretores. A Gestão abarca Grêmios Estudantis, Conselhos Escolares, Sistemas Municipais de Ensino e tudo o que estiver relacionado a descentralização das decisões no convívio escolar.

O CME/SL também apontou a trajetória da caminhada da cidade de São Leopoldo na implantação e implementação dos Conselhos Escolares, uma caminhada de quase quatro (04) anos e que vem carregada de vitórias para a participação da comunidade como um todo dentro de cada unidade escolar da rede pública municipal.

Nova Santa Rita está discutindo a implantação da lei municipal que estabelece a criação dos Conselhos Escolares e caminha para a construção da lei sobre eleição direta para diretores.


Assessoria Técnica CME/SL

Parobé recebe a Regional AMVRS/AMPARA

A Regional AMVRS/AMPARA da UNCME-RS neste mês, no dia 16, esteve reunida no CME/Parobé presidido pela professora Sílvia Duarte, que recebeu a todos e todas com muita dedicação e empenho.

A reunião deste mês teve como foco as “Cirandas da Educação”, atividade promovida pela UNCME em todo o território nacional, sendo que nossa Regional assinou de forma simbólica o cartaz “FORA DA ESCOLA NÃO PODE” mostrando a toda a sociedade gaúcha a adesão de nossa Regional nesta importante ação. Segundo a Coordenadora Regional, professora Fabiane Bitello – Presidenta CME/SL, “Momentos como este são singulares para a Educação, onde nossos dezoito municípios assumem coletivamente a defesa do resgate e permanência dos nossos estudantes, de toda a Educação Básica!”.

Esta reunião teve a participação do 2º Vice-Coordenador da UNCME-RS, Marcelo Tavares, que abordou o tema “Financiamento da Educação através do Plano Nacional de Educação - PNE”, sendo que Marcelo abordou de forma prática o que resultará o crescente aumento do PIB (de 5,3 para 10% ao final de 2024), entrelaçando a conclusão de cada uma das estratégias das vinte (20) metas do PNE. Para realizar o exercício de projetar a conclusão das metas do PNE, já articulando as bases para os Planos Municipais de Educação - PMEs, Marcelo propôs que cada município presente focasse na implementação da Meta 1, no que toca a universalização do atendimento dos estudantes de quatro (04) aos cinco (05) anos de idade em pré-escola até 2016. A atividade foi realizada e coletivamente tivemos a oportunidade de “propor” políticas públicas que auxiliariam a conclusão da meta, exercitando assim uma de nossas atribuições enquanto órgão colegiado.

No turno da tarde foram realizadas em visitas, primeiramente no Centro Municipal de Atendimento Educacional Especializado Profa. Flávia Maria Britto e, posteriormente a Escola Municipal de Educação Infantil Azaléia.


O próximo encontro da Regional AMVRS/AMPARA da UNCME-RS ocorrerá em Rolante, no dia 13 de agosto.

segunda-feira, 28 de julho de 2014

CME/SL compõe o Grupo Executivo do FEE/RS


No dia 17 de julho do corrente ano, nossa Presidenta, professora Fabiane Bitello, participou da primeira reunião e instalação do Grupo Executivo do Fórum Estadual de Educação – FEE/RS, que tem como meta a organização e estruturação do Texto Base para o Plano Estadual de Educação – PEE/RS e posteriormente a compilação de toda a Conferência em um Texto Final. Fabiane representa a União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação – UNCME-RS no FEE/RS, sendo que as reuniões deste Grupo ocorrerão semanalmente na Secretaria de Educação do Estado – Seduc até a Conferência Estadual para aprovação do Plano, que tem previsão de ocorrer no mês de novembro do corrente ano.


É importante frisar, que os trabalhos se intensificaram uma vez que com a sanção do Plano Nacional de Educação – PNE pela Presidenta Dilma Rousseff em 25 de junho de 2014, através da Lei Federal nº 13.005, estados e municípios tem o prazo de um (01) ano para aprovar seus respectivos Planos. Esta discussão necessita ser a mais abrangente possível, pois o Plano deve refletir a realidade das redes privadas e públicas, de Educação Básica, Ensino Superior e Técnico Profissionalizante, logo, cada cidadão e cidadã deve se engajar para que o Plano Estadual seja de fato a “cara” do povo gaúcho!
O Grupo Executivo é composto por representantes da UNCME-RS, UNDIME-RS, CEED/RS, Seduc, Instituições de Ensino Superior Públicas e Instituições de Ensino Superior Privadas.

Fabiane Bitello
Presidenta CME/SL
3ª Vice-Coordenadora da UNCME-RS
Componente do FEE/RS

quarta-feira, 9 de julho de 2014

Assembleia para eleição de representantes da Comunidade Escolar do Município de São Leopoldo



O Conselho Municipal de Educação de São Leopoldo – CME/SL, divulga a  Assembleia para eleição de representantes da Comunidade Escolar do Município de São Leopoldo, a fim de ser membro do Conselho Municipal de Educação para completar mandato de antecessor.  Os segmentos da Comunidade Escolar que terão escolha de representantes são:

a) dos trabalhadores em educação, docente, do quadro permanente, das escolas públicas municipais da Educação Infantil (titular e suplente);
 Obs.: Para concorrer e votar somente poderão participar os professores com cargos efetivos em Educação Infantil de 25 e/ou 30 horas designados nas Escolas Municipais.
 
b) dos pais/responsável legal de alunos, das escolas públicas municipais (suplente);

A Assembleia ocorrerá na sala do CME/SL no dia 14 de julho do corrente ano às 19h.

Cumpre-nos destacar e informar aos interessados em ser membro do CME que as reuniões Ordinárias do Colegiado ocorrem na última quarta-feira do mês em vigor a partir das 13h. Além disso, o/a conselheiro/a participará de reuniões da comissão que optará agregar e que compõem o CME. São elas: Comissão de Educação Infantil – CEI; Comissão de Ensino Fundamental – CENF; Comissão de Educação Inclusiva – CEINC.

 Estamos a disposição!

terça-feira, 8 de julho de 2014

Inauguração da EMEI Brinco de Princesa

   Foi inaugurada, solenemente, no dia 2 de julho de 2014 a EMEI Brinco de Princesa no bairro Vicentina, na região Oeste de São Leopoldo, com capacidade para atender 120 crianças de 0 a 5 anos e 11 meses, que serão atendidas por 55 funcionários.

   No evento ocorreu apresentação de danças alemãs, por um grupo da EMEI Bem Me Quer e por outro da EMEI Vitória Régia. No final, a Banda Municipal tocou músicas alemãs.

   Enquanto órgão fiscalizador o CME/SL percebe a importância do investimento em escolas públicas para o atendimento da Educação Infantil, sabemos da demanda reprimida que vai sendo suprida a cada ano, mas que ainda falta muito a se fazer. O Conselho aguarda o processo de credenciamento e autorização de funcinamento desta escola para acompanhar seu efetivo funcionamento.

Lançamento do MOOC da Unisinos para o Projeto Jornal na Sala de Aula

     
   A palestra "O papel do gestor escolar na formação continuada dos professores", ministrada pela Profª Drª Beatriz T. Daudt Fischer, no dia 2 de julho passado, deu início ao MOOC (Massive Open Online Course), do projeto Jornal na Sala de Aula. O projeto é uma iniciativa do Grupo Sinos e a Unisinos que será a primeira universidade a viabilizar a capacitação dos professores através de um curso online, que ocorrerá em outubro de 2014 a 1ª edição e outubro de 2015 a 2ª edição, totalizando 80 horas. Os interessados em cursar e receber a certificação do curso, que é totalmente EAD, precisam realizar um projeto para sua conclusão.

   O objetivo do evento foi divulgar a importância desse novo espaço educativo (MOOC) e foi destinado aos professores e gestores escolares do Vale dos Sinos. Para obter informações sobre o Projeto Jornal na Sala de Aula, acesse jornalnasaladeaula.com.br e para ter informações do MOOC acesse www.unisinos.br/blogs/pedagogia ou www.open.unisinos.br

   Através de muitos questionamentos e reflexões, como "qual o papel do/a gestor/a na formação continuada? Quem educa os professores? Quem quer ser educado? Quem se importa com os professores? Quem se importa com os getores (equipes diretivas)? Formação inicial ou formação continuada?", a Profª Beatriz instigou os presentes a buscarem respostas em suas próprias práticas escolares. Citou Paulo Freire dizendo que "Ninguém educa ninguém; ningué educa a si mesmo. Os homens se educam entre si, mediatizados pelo mundo". E com isso quis dizer que a formação continuada ocorre a cada dia, a cada prática, nas reflexões diárias. Os professores precisam de posicionamento, fundamentação e argumentos para basear o trabalho, assim como os gestores deveriam propor reuniões em que os professores possam relatar suas práticas, desta forma estariam teorizando a mesma. Ao gestor cabe questionar os professores sobre a prática, propor que dialóguem sobre o que ensinam e aprendem. As experiências de vida e o ambiente são ingredientes chave para a formação do professor, nas palavras da palestrante. A condução do grupo, o debate e o resgate do que há de positivo nele, bem como refletir sobre as ações são o papel do gestor, usando o que há de bom na escola e não se apegando aos problemas.

    O CME/SL participou deste encontro e para aqueles que não puderam comparecer, é possível assistir a palestra por meio do link Palestra com Profª Drª Beatriz D. Fischer